O Facebook Ad é uma ferramenta valiosa para os criadores de conteúdo. Nela, é possível fazer de tudo, desde montar o anúncio até decidir o orçamento da campanha. 

Os anúncios são uma saída para aumentar o engajamento da marca nessa rede social que muitos consideram morta.

Se você não conhece o Facebook Ad, pare tudo e leia nosso outro post sobre o assunto e sobre como montar os anúncios na ferramenta, porque aqui nós passaremos dicas de como aumentar as vendas com a plataforma.

dicas para aumentar as vendas com o Facebook Ad

  • Anúncios atraentes

A primeira dica é, talvez, a mais importante. Criar anúncios atraentes é fundamental para atrair os olhares para a marca na timeline.

Os posts precisam chamar a atenção do futuro cliente. Ele estará recebendo milhares de informações ao mesmo tempo, por isso, é preciso que o post se destaque de alguma forma.

O anúncio pode ser exibido na lateral ou no newsfeed. Além disso, é possível fazê-lo no padrão, com uma imagem e, até mesmo, promover um post já existente na página. 

Promover um único post é uma opção melhor que impulsionar a página toda quando se quer gerar um buzz sobre um determinado produto à venda.

Para o e-commerce, é uma boa ideia utilizar o parametrizador de URL do Google para rastrear os cliques pelo Analytics.

Para complementar o anúncio atraente, aposte no título, fale dos benefícios do produto, use imagem chamativa e crie mais de uma versão do anúncio para ver a resposta do público.


  • Segmento do público

Essa dica se aplica na hora de criar o Facebook Ads. É necessário saber qual público sua marca quer atingir, e assim, segmentar os perfis de interesse. 

Lembre-se que estamos falando de uma rede social com dois bilhões de usuários, no qual, 92 milhões deles estão no Brasil. 

Por isso, na hora de montá-lo é preciso analisar os critérios de local, idioma, educação, idade, gênero, status de relacionamento e opções de curtir nos interesses desses usuários.

A segmentação garante que o anúncio seja visto somente pelas pessoas que fazem parte desse perfil definido pela marca.

A ferramenta ainda disponibiliza opções de mostrar o anúncio para amigos dos seus seguidores, para aumentar a credibilidade da publicidade.


  • Planejamento e Objetivos

Um planejamento para sua campanha é essencial para que os objetivos se concretizem. Sem isso, é um investimento sem saber exatamente qual resposta esperar. 

O anúncio precisa ter um objetivo para as estratégias de marketing, e analisar os indicadores serve para obter resultados da ação e se a performance foi como o esperado.

Com outro objetivo, vendas de produtos, por exemplo, as métricas para seguir são outras. É necessário analisar quantos usuários chegaram na página de checkout ou se efetuaram a compra, entre outras questões.


  • Orçamento

O orçamento deve ser definido previamente e ser acompanhado de perto com o desempenho da campanha. Assim, é possível corrigir erros que podem surgir no decorrer do tempo e otimizar resultados.

Esse orçamento é o que fará as estratégias saírem do papel, logo, é o ponto mais importante e necessitado de atenção.

Para melhor definição, conheça todas as alternativas das plataformas e o valor ideal para a campanha alcançar os resultados requeridos.


  • Testes

Os testes são a forma mais efetiva de saber como será o desempenho dos anúncios da campanha. 

Ao executar um teste A/B, é possível colocar duas propagandas com apenas algumas diferenças nos parâmetros e observar qual terá os melhores resultados.

Por exemplo, use o mesmo orçamento, segmentação e mude apenas a imagem. Dessa forma, será possível comparar a reação do público a cada anúncio.

São inúmeras opções, e com os testes é possível observar como o público se comporta e quais são suas preferências. 


  • Anúncios para clientes

De acordo com a empresa americana Hoovers, 65% dos negócios vêm de clientes já existentes. 

Então, não invista somente em novos clientes, mas cultive aqueles que a marca já possua. Ofereça promoções, mostre novidades, entregue conteúdo de qualidade para eles.

É possível escolher quem está habilitado a ver a propaganda, assim, a marca pode escolher mostrar somente para quem curte a página e anunciar de forma diferenciada.

 

  • Pixel e remarketing

Como falamos nesse post, o Pixel do Facebook é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de estratégias. E uma delas é o Remarketing.

É quando damos uma olhadinha num produto online, mas não compramos, e de repente recebemos milhares de propagandas sobre o assunto em diversas plataformas. 

É possível fazer isso com seus posts com o auxílio do Pixel colocado na página da marca. O custo dessa estratégia é mais baixo que campanhas em outros canais. 

Além disso, o remarketing gera engajamento três vezes maior que outros anúncios da plataforma, de acordo com o Wordstream.


  • Monitorar os resultados

Todas as ações da campanha e das estratégias serão em vão sem uma análise nos resultados. 

É de suma importância cair dentro das estatísticas e procurar saber qual conteúdo deu certo e o que deu errado. 

Ao fim da campanha, volte ao gerenciador de anúncios e veja as métricas detalhadas e relatórios feitos pela plataforma.

Depois de questionar os números exibidos, use esses Insights para corrigir o que deu errado e aprimorar a campanha da marca, para que no futuro, os resultados sejam ainda melhores. 

Coloque em prática essas dicas e veja o sucesso dos seus anúncios.