O Que é Benchmarking e Como Usar na sua Empresa Agora!

O benchmarking é um estudo da concorrência do mesmo setor que o seu visando a melhora de sua empresa.

Essa análise ajuda a reduzir custos, aumentar a produtividade, e amplia a margem de lucro.

Uma vez feita essa análise é possível reconhecer o que a concorrência tem feito de diferente de você, e pôr em prática as melhores práticas deles.

Neste post veremos mais o que é benchmarking e quais as vantagens dessa ferramenta para sua empresa.

O Que é Benchmarking e Como Usar na sua Empresa

O que é benchmarking?

Comparar o seu próprio negócio com o de um rival é essencial na hora de competir. Sem ele, você nunca saberia o quão bem-sucedido é seu desempenho em um mercado ou se você executa uma ou outra tarefa melhor do que seu concorrente.

Por exemplo, 85% de satisfação do cliente pode parecer ótimo para você ou mesmo em comparação com a média do seu setor, mas e se algumas outras empresas (não necessariamente rivais) atingirem facilmente a taxa de 97%?

Nesta situação, seu índice de satisfação de 85% não parece tão brilhante. Para entender melhor sua situação e melhorar o desempenho da empresa, as empresas usam o benchmarking.

Alguma forma de comparação nas empresas foi usada, desde 1800, e incluiu principalmente a qualidade do produto e comparação de recursos.

Este tipo de comparação foi raramente usado e não se tornou uma ferramenta de gerenciamento valiosa até o final dos anos 1980 e 1990, quando a Xerox introduziu a técnica de benchmarking de processo.

Esse tipo de comparação se mostrou muito benéfico e a Xerox e outras empresas começaram a comparar o desempenho de seus processos aos melhores padrões da indústria.

Os gerentes usam a ferramenta para identificar as melhores práticas em outras empresas e aplicar essas práticas aos seus próprios processos, a fim de melhorar o desempenho da empresa.

Melhorar o desempenho da empresa é, sem dúvida, o objetivo mais importante do benchmarking.

Diretrizes para fazer benchmarking

O benchmarking é usado extensivamente por organizações, mas nenhum processo universal de como conduzi-lo é estabelecido.

Cada organização projeta sua própria maneira de usar a ferramenta. Aqui estão algumas diretrizes para o uso do benchmarking:

  • Escolha apenas os produtos, serviços ou processos com desempenho insatisfatório. Comparar os processos em que você é bom será uma perda de tempo e dinheiro e não trará os resultados desejados.
  • Defina as métricas ou processos específicos a serem medidos. Tenha cuidado para não escolher processos muito amplos que não possam ser medidos, pois você não será capaz de compará-los adequadamente.
  • Prepare sua empresa para mudanças. Sua organização deve superar a resistência à mudança para implementar novas práticas recomendadas.
  • Escolha uma equipe qualificada. Embora o benchmarking seja fácil de usar, você não deve escolher qualquer pessoa para fazê-lo. Inclua as pessoas que serão responsáveis pela implementação das mudanças e as pessoas que são habilitadas para isso.
  • Procure os melhores padrões e ideais, mesmo em áreas não relacionadas. Muitas descobertas significativas serão feitas observando as empresas que não têm nenhuma relação com a sua organização.

Saiba mais: Ticket Médio: O Que é e Como Aumentar essa Métrica 

Três maneiras de usar benchmarking

O benchmarking, seja interno ou externo, é usado de três maneiras principais. Eles são:

  • Benchmarking de processos

Trata-se de compreender melhor seus processos, comparar o desempenho com benchmarks internos e externos e encontrar maneiras de otimizar e melhorar seus processos.

A ideia é que, ao entender como os melhores desempenham um processo, você pode encontrar maneiras de tornar seus próprios processos mais eficientes, rápidos e eficazes.

  • Benchmarking estratégico

Ele compara estratégias, abordagens de negócios e modelos de negócios para fortalecer seu próprio planejamento estratégico e determinar suas prioridades estratégicas.

A ideia é entender quais estratégias sustentam empresas de sucesso (ou equipes ou unidades de negócios) e, em seguida, comparar essas estratégias com as suas para identificar maneiras de ser mais competitivo.

  • Avaliação comparativa de desempenho

Isso envolve a coleta de informações sobre o seu desempenho em termos de resultados (o que pode significar qualquer coisa, desde o crescimento da receita até o sucesso do cliente) e a comparação desses resultados interna ou externamente.

Isso também pode se referir ao benchmarking de desempenho funcional, como o benchmarking do desempenho da equipe de RH (usando métricas como pontuação do promotor de funcionários ou pesquisas de engajamento da equipe) ou a equipe de marketing (medindo a pontuação do promotor líquido ou reconhecimento da marca, por exemplo).

Saiba mais: Balanced Scorecard: O que é e quais suas vantagens? 

Por que usar o benchmarking na sua empresa?

Cada uma dessas diferentes formas de benchmarking tem um objetivo principal em mente: identificar lacunas no desempenho e descobrir oportunidades de melhoria, seja isso tornando os processos mais eficientes, reduzindo custos, aumentando os lucros, aumentando a satisfação do cliente ou o que quer que seja.

Em última análise, o que leva as empresas a fazer o benchmark é a necessidade (ou desejo) de melhoria.

Portanto, se você deseja simplesmente comparar seu desempenho interno, alcançar um concorrente, entender e rastrear melhor seus pares ou se tornar um líder de mercado em seu setor, o benchmarking pode ser uma ferramenta incrivelmente útil.

No entanto, o benchmarking não é uma fórmula mágica para melhorar o desempenho – é uma parte da solução, não a solução completa.

A solução completa requer que você estabeleça objetivos estratégicos claros, identifique suas questões críticas de negócios, crie OKRs que o ajudem a responder a essas questões e acompanhe o desempenho em relação aos seus objetivos, e compare o desempenho usando benchmarking.

Mas, quando visto como parte do quadro completo de gerenciamento de desempenho, o benchmarking fornece uma maneira útil de obter informações valiosas para aumentar o desempenho.

Aprenda mais sobre métricas relevantes para o seu negócio aqui no blog, confira nosso post sobre análise SWOT para saber como melhorar as estratégias da sua empresa.

Já pensou em crescer a sua empresa com marketing digital? 

Nossa Agência de Marketing Digital oferece planos de gerenciamento de redes sociais, não deixe de conferir a nossa tabela de preços gerenciamento de redes sociais e planos de redes sociais disponíveis.

Também possuímos planos específicos para gerenciamento de Instagram, com gestão de tráfego pago.

Somos uma agência de YouTube e consultoria, com especialista em YouTube e faremos a toda a gestão de canal YouTube

O gerenciamento de redes sociais e a gestão de canal do YouTube e produção de vídeos são a solução para quem busca utilizar o marketing digital para crescer!

Não deixe de clicar nos links para mais informações!

Chamar!
Precisa divulgar seu negócio ?
Estamos online.