Comprar seguidores no Instagram: 10 motivos para não fazer

Para seu perfil bombar no Instagram, é necessário muito mais que somente seguidores. Muitos usuários acreditam que essa é a fórmula do sucesso nas redes, mas não.

Além de custar caro, seu perfil recebe uma enxurrada de contas falsas que só lhe trazem problemas com a plataforma. 

É preciso ter comentários, curtidas e compartilhamentos. Seguidores falsos e comprados não interagem com seu perfil. 

Comprar seguidores no Instagram

Para você entender o por quê disso ser uma furada sem tamanho, confira essa lista com 10 argumentos para não comprar.

  • Você ganha e perde seguidores

Quando você utiliza o recurso de comprar seguidores, seu perfil recebe uma enxurrada de perfis falsos, bots ou inativos. O intuito é aumentar o número de pessoas que te seguem.

Porém, ao fazer isso, você não contava com o recurso do Instagram para eliminar esses tipos de perfis da plataforma. 

A rede quer interação e essas contas não podem oferecer isso. Para a plataforma isso pode atrapalhar a experiência do usuário.

Quanto maior o número de seguidores requisitados, mais caro fica a transação, para que no final das contas, a plataforma deletar boa parte deles.

Excluindo os perfis, quem comprou acaba perdendo seguidores, tempo e dinheiro. Que poderiam estar sendo investidos em boas estratégias de conteúdo.

  • Menor engajamento

Para sua marca, é mais importante que seu perfil tenha mais engajamento que seguidores. Assim, seu conteúdo é entregue para o maior número de pessoas.

O número de seguidores é irrelevante, já que a interação com a marca é mais importante para o Instagram. Logo, não adianta comprar milhares de seguidores se eles não irão interagir.

Veja a compra de seguidores como falar sozinho. Sua marca estará entregando conteúdo para ninguém, e não terá as tão desejadas interações com o público.

Mesmo que perfis comprados sejam reais, isso não significa que terá interação. Quando o usuário perceber que uma conta que ele não seguiu está aparecendo no seu feed, pode parar de seguir e até denunciar, o que é bem pior.

  • Sem relevância

A plataforma quer entregar uma experiência diferente para cada conta. Isso depende do que comentamos, quem seguimos e o que compartilhamos.

Quanto mais pessoas curtirem, comentarem e compartilharem os posts da sua marca, ele será entregue para mais contas, aumentando a relevância do conteúdo.

Mas como já mencionamos, seguidores falsos não interagem. Logo, não geram engajamento, o que diminui a relevância do post para o algoritmo do Instagram. 

Futuramente, as postagens e stories terão menos visualizações, e consequentemente, o perfil também. 

O Instagram entenderá que seu conteúdo não agrega em nada. Então, os resultados dos posts entregues serão cada vez menores. 🤷‍♀️

  • Problemas para seus seguidores reais

Na hora da compra, há uma grande chance de você colocar suas informações e as dos seus seguidores em risco.

Isso acontece porque o seu perfil da brecha para bots acessarem seus dados, como a lista de contatos e a seguidores reais. 

Esses bots podem distribuir spam entre seus contatos, o que é bem incômodo. Além disso, esses perfis podem trazer vírus para sua conta.

Com isso, poderão roubar dados coletados, não só seus, mas também dos seus seguidores.

Isso atrapalha a comunicação da marca com os seguidores reais e envolve seu perfil com crimes cibernéticos.

Leia também: Como ter mais seguidores no Instagram todo dia

  • Atrapalha as métricas de desempenho

As métricas são os meios usados para analisar os resultados do seu perfil, com ações e estratégias específicas. São importantíssimos para saber se a marca está indo bem.

Dentro do perfil profissional, é possível ver os Insights, que contém os dados de acessos que a conta teve, de entradas no link da bio e as contas alcançadas com uma publicação.

As métricas mais importantes estão relacionadas às interações nas publicações, porque indicam os possíveis clientes da marca.

Seguidores comprados não representam esse número de clientes, então, como saber do desempenho, o alcance e o engajamento do perfil ?

Em grande parte, eles são robôs, que além de confundir a base de usuários, atrapalham as métricas.

  • Os números ficam distorcidos

O número de seguidores é uma das métricas observadas, e não é a mais importante. Dados sobre interação e perfis alcançados com uma publicação valem muito mais para marca.

Com seguidores falsos, os relatórios das métricas não servirão para acompanhar o perfil, em vista que sua conta não recebe interações reais e seu conteúdo é para contas fantasmas.

Por isso, você não conseguirá dizer qual conteúdo está agradando aqueles que realmente tem interesse no que sua marca vende. Dificultando na hora de tomar decisões.

Não saber qual conteúdo agrada seus seguidores reais e quais não, prejudica as estratégias de marketing da marca.

  • Contra o objetivo da marca

Para fazer o devido sucesso natural no Instagram, sua marca precisa se estabelecer no nicho em que atua. Com os seguidores que mostrarão interesse em consumir seu produto futuramente. 

Entre os pontos negativos da compra, você estará adquirindo seguidores que não pertencem a esse nicho da sua marca. Eles não tem nada a ver com o que você quer atingir.

Além disso, atrapalham o posicionamento da marca. Ao invés de ir atrás do público-alvo, o perfil está usando seus recursos para ir atrás de números de seguidores.

Como mencionamos acima, esse número não é importante e nem sinônimo de sucesso. É mais importante a  marca ter uma presença online.

Essa compra impede que a marca cresça no seu nicho.

  • Penalizado pelo Instagram

Em 2018, o Instagram anunciou novas regras de uso da plataforma, e que tomaria medidas contra contas que utilizam softwares para se promoverem na rede. 

Entre essas medidas, estará a remoção dessas contas não autênticas e a sugestão para que o usuário troque a senha do seu perfil.

Comprar seguidores e gerar spam vai contra as políticas internas e os termos de uso que são aceitos quando entramos na plataforma.

Podendo ser penalizados com shadowban, que consiste em bloquear o usuário sem que ele perceba, até o conteúdo deixar de aparecer no feed, nas hashtags e no explorar.

  • Enganando todos

Seguidores e curtidas são métricas de vaidade, aquelas que servem somente para levantar o ego do perfil. Elas não servem de parâmetro para acompanhar o desenvolvimento da marca.

Não adianta se basear somente nesses números, porque não são a fórmula do sucesso. É preciso de seguidores que engaje seus posts.

Esses números não agregam em nada sem que o post tenha comentários dos seguidores. Você estará enganando você mesmo.

É importante lembrar que o Instagram quer ser um ambiente saudável, por isso retirou o número de like das postagens. 😉

  • Comprar seguidores não dá resultados

O mais importante para o Instagram hoje em dia é o engajamento da sua conta. A plataforma quer contato, comentários, compartilhamento com os amigos, etc. 

Os seguidores falsos não fazem isso. Portanto, é mais lucrativo usar os recursos do marketing para preparar uma campanha criativa para as redes.

Comprar seguidores fantasmas que não irão bombar o post para aumentar a relevância, e não agregarão em nada. 

É mais interessante criar uma base de seguidores que incentivam a marca, do que sofrer enquanto perde a relevância aos poucos na rede.

E aí, entendeu o por quê de não valer a pena comprar seguidores ? Deixe um comentário com sua dúvida ou experiência!

Somos Agência de Marketing digital :
Serviços de Marketing Digital :
Gestão de Redes Sociais com planos e preços para redes sociais;
Gestão de Instagram
Gestão de Canal Youtube;
Gestão de canal no YouTube

criação de site otimizados para o google ;

Chamar!
Precisa divulgar seu negócio ?
Estamos online.