7 dicas para deixar o resumo no LinkedIn mais atraente

O resumo no LinkedIn consiste no nome, título e descrição, localizado no “sobre” de cada perfil. Essa é a primeira informação que os visitantes vão ver e que os recrutadores tirarão as primeiras impressões sobre o candidato.

Mas muita gente esquece de caprichar nessa parte, focam nas experiências, na formação acadêmica, competências, certificados, recomendações, ou qualquer outro aspecto. Porém, é do resumo que decidirão se vale a pena conhecer o perfil.

É com ele que você se apresentará e estimulará que os recrutadores queiram saber mais sobre o dono do perfil. Cada profissional tem o seu texto, o diferencial está no plano de carreira, nos talentos e nas conquistas.

como deixar o resumo no LinkedIn mais atraente

Por isso, essa parte é essencial para o sucesso do perfil na rede social. E para ajudar nessa parte, separamos algumas dicas para inspirar na hora de escrever o seu resumo e atingir seus objetivos.

  • Planejamento

Não dá para simplesmente sair digitando uma biografia profissional sobre você. É necessário um planejamento sobre o que deseja incluir.

Pense nisso como uma estratégia de marketing para sua marca pessoal, afinal, é a promoção do seu nome e por quê você deve ser contratado.

No planejamento, pergunte-se quais são os objetivos (mudar de emprego, atrair clientes, ser promovido, etc.), quem deve ser conquistado pelo resumo (marcas, recrutadores, consumidores, etc.) e  quais colegas da área se destacam (ou concorrentes).

Faça uma pesquisa de mercado e veja os perfis da sua área para ter referências do que está sendo feito. Análise os objetivos e o público-alvo para saber o caminho a seguir.

  • Organize as informações

Depois de refletir sobre o que colocar, organize as principais informações que entrarão no currículo, mas de maneira objetiva.

Se você já preencheu todo o currículo em outras seções, não tem necessidade de repetir aqui. Resuma sua experiência profissional e formação acadêmica em uma frase, mas sem comprometimento com o produto final.

Dessa forma, é possível analisar o que é mais importante para de fato entrar no seu resumo e conquistar a atenção dos recrutadores que entram no perfil.

  • Título no LinkedIn

O título do LinkedIn é uma frase que segue seu perfil em todos os posts, comentários, menções e pesquisas. 

O título é uma breve descrição das suas especialidades. Como aparece logo embaixo do nome do usuário, é como se fosse uma frase de boas-vindas do perfil para os recrutadores.

É algo mais sucinto que o resumo e que você coloca seu cargo e algo da sua carreira, tudo dentro de 120 caracteres.

Para saber mais sobre o título do LinkedIn, veja nosso post sobre o que colocar nesse espaço.

  • Trajetória

O resumo libera 2.600 caracteres para falar sobre sua vida profissional. Mas, lembre-se: é importante selecionar o que você acha que merece maior atenção entre as experiências, formações, projetos, habilidades e interesses.

A ordem pode ser cronológica, assim fica fácil de criar uma linha do tempo da carreira, ou de forma não linear. 

Por exemplo, começar pelo maior momento da carreira e depois falar de outros aspectos. Importante ficar atento nas três primeiras linhas, porque elas definem se o leitor continuará lendo ou não. 

O início define se eles irão querer “visualizar mais”.

  • Passe a sua personalidade

Isso não é um currículo tradicional, é uma rede social para ampliar o networking e conexões. O resumo tem o intuito de aproximar o perfil de quem lê, então seja pessoal e demonstre sua personalidade.

Isso não depende somente do conteúdo que está sendo escrito, mas também da forma que está sendo escrita. É preciso ter a ortografia correta e ser profissional, mas isso não impede de adicionar outros elementos.

Uma dica é usar a primeira pessoa, para manter uma conversa e que a sua história seja única. O Storytelling também pode ser usado para prender o leitor na sua narrativa.

Crie uma história coerente e coesa. Mesmo que não esteja em ordem cronológica, as experiências construíram sua carreira e pessoa, então mostre isso na narrativa.

  • Palavras-chaves

Palavras-chaves são bem populares no LinkedIn. Elas são usadas para identificar a área de atuação, habilidades ou empresa, e devem ser usadas no resumo e no currículo, mas de maneira natural, obviamente.

Esse uso irá reforçar o seu nome com o termo na cabeça das pessoas e colocar o perfil nos resultados das buscas relacionadas às palavras.

Assim como nas outras redes sociais, o algoritmo do LinkedIn colocará em visibilidade seu perfil nas buscas, e assim, será visto.

  • Sinais gráficos

Sinais gráficos também são ótimos para destacar o perfil entre os outros. 

Use bullet points, emojis, estrelas, sinal de visto, entre outros. Esses elementos podem servir para destacar as informações e manter um clima mais leve e fácil na leitura. 

Além disso, diferencia um resumo do outro e isso ajuda na hora de ser lembrado pelos recrutadores. 

Mas é importante saber que não tem como editar o texto na caixa do LinkedIn, é necessário escrever num editor, como o Word, e colar na rede social.

Para se inspirar e colocar as dicas em prática, veja o resumo do Conrado Adolpho no LinkedIn, no qual ele fala sobre seu método e marco na carreira.

como deixar o resumo no LinkedIn mais atraente

Sabemos que fazer um resumo sobre você mesmo é difícil, mas esperamos que essas dicas possam ajudar a desenvolver um texto atraente para os recrutadores.

Chamar!
Precisa divulgar seu negócio ?
Estamos online.